;

Gerando crescimento para pessoas e organizações

Visando promover a qualidade de vida e retenção de talentos, consideramos a valorização dos colaboradores um pilar essencial na nossa cultura. Aqui todos têm oportunidades, treinamentos de acordo com a área que atuam, feedbacks sobre serviços, e são reconhecidos a cada conquista profissional. Zelamos por um ambiente respeitoso e aberto a receber diversos tipos de perfis, pois acreditamos que pessoas felizes fazem um bom trabalho e mantém o clima organizacional saudável e positivo para todos!

Trabalhe conosco

Quer vivenciar uma excelente experiência profissional? Então, vem trabalhar com a gente!

Buscamos pessoas:
– Com vontade de crescer
– Dispostas a oferecer o que tem de melhor
– Determinadas
– Focadas

E com todas essas características, o nosso time só poderia ser o melhor. Mas, ainda está faltando você! 

Ao fazer parte da Good Service, você tem direito a tudo isso:

Vale-refeição

Vale Alimentação

Vale Transporte

Inclusão e Acessibilidade

Diversos turnos de trabalho

Reconhecimento profissional

Holerite Online

O holerite online permite aos colaboradores maior velocidade de acesso às documentações por meio de um computador, tablet ou celular.

Os processos eletrônicos seguem um modelo base, que funciona de forma segura e automatizada, diminuindo a possibilidade de contas e dados errados.

Siga as instruções:

Colaboradores da Good Service acessam:

Colaboradores da Clean Service acessam:

Priscila Pereira
Coordenadora de RH

Sou formada em Administração de Empresas com ênfase em Marketing, MBA em Recursos Humanos. Atualmente curso pós em Liderança e Gestão Estratégica de Pessoas, pela FIA. Comecei minha carreira como estagiária em administração. Um dia uma funcionária do RH da empresa em que eu trabalhava pediu demissão, e meu gestor me deu a oportunidade de entrar no setor, foi nesse momento que conheci o RH e pela área me apaixonei.

Antes de trabalhar na Good Service, eu era Coordenadora de RH em outra empresa. A minha história na Good se iniciou em 09/01/2019. Sou Coordenadora de RH e responsável por todos os subsistemas da área, realizando o processamento da folha de pagamento e encargos trabalhistas, e-social, atuação como Business Partner, gestão de processos trabalhistas, benefícios, recrutamento e seleção, desenvolvimento humano e organizacional, e faturamento da empresa.

Eu gosto de trabalhar aqui, pois os diretores são abertos a novas ideias e temos liberdade e autonomia para colocar nossa criatividade e projetos em prática, além de a empresa ter um ambiente descontraído e colaborativo. Desejo sucesso e reconhecimento em minha área, buscando como próximo passo ser gerente. Desejo também tornar-me uma líder inspiradora, fazendo a diferença na vida das pessoas. O nosso RH tem um objetivo desafiador, porém estimulante: receber em 2022 o prêmio “Best WorkPlaces” do Infojobs.

Para quem pensa em fazer o mesmo que eu, a minha dica é que estude muito. A legislação trabalhista está em constante mudança e precisamos estar atentos. Fora isso, o RH exige inovação e criatividade, por isso é importante ler revistas, matérias e artigos sobre o tema. Faça cursos (existem vários gratuitos na internet), e busque profissionais referências no mercado.

Caroline de Paula
Analista de RH

Tenho 26 anos, sou formada em Gestão de Recursos Humanos, e estudante do 10º semestre de Psicologia.

O interesse pela área veio de berço, minha mãe tem mais de 20 anos de atuação em RH, e a trajetória dela na área me inspirou a seguir seus passos. Coincidentemente minha primeira oportunidade de emprego foi como jovem aprendiz em RH. Pretendo não apenas alcançar um cargo de gestão na área, mas ser referência como profissional para outros colegas de profissão (quem sabe um dia sair na capa da revista Você RH).

Trabalho na Good Service há 5 anos e 3 meses. Como Analista de RH, tenho a oportunidade de desenvolver um perfil generalista na área, realizando atividades de recrutamento e seleção, departamento pessoal, benefícios, treinamento e desenvolvimento, projetos, desenvolvimento humano e organizacional. Nossa Diretoria além de ser modelo de liderança, está sempre aberta a receber novas ideias e projetos, o que nos motiva a desenvolver-nos cada dia mais.

Para quem busca uma oportunidade na área, sabemos que o mercado está cada vez mais competitivo, e para que sua oportunidade chegue é preciso ter um diferencial. Não se limite apenas a graduação, busque cursos, palestras, fortaleça seu networking. Acompanhe profissionais influenciadores da área e mantenha-se sempre atualizado, acredito que isso vale para qualquer área.

Cecília Kauana
Assistente de RH

Todo jovem sonha em ter liberdade financeira, e eu pude conquistar isso muito cedo. A minha jornada profissional iniciou quando eu tinha 15 anos de idade. Antes de ocupar a posição que estou hoje, trilhei um caminho dinâmico.

Fiz parceria com uma faculdade, consegui um bom desconto e escolhi Recursos Humanos. A decisão foi tensa, mas com uma amiga tudo ficou mais fácil, e fomos juntas para a graduação. Até pelo telemarketing eu passei, e vi que as cobranças mexem com o psicológico das pessoas. O resumo de todas essas experiências, é que com tudo a gente pode aprender e ter oportunidades de crescimento, só depende do ponto de vista.

Uma prova disso é a minha entrada na Good Service. Mesmo estudando RH, eu me dediquei o possível para desenvolver habilidades no setor de compras, onde estagiei por 10 meses e fui efetivada. Mas depois de 7 anos no mercado, e 2 na faculdade, me formei e finalmente consegui entrar para o time de RH.

Não consigo descrever o que senti no dia em que recebi a proposta que eu tanto sonhava, eu tenho certeza que fiz a escolha certa. Faço admissão, cuido da parte de benefícios, atendimento aos colaboradores, entre outras funções, e sempre aprendo algo novo. Gosto muito de trabalhar na Good, aqui as portas sempre estiveram abertas para mim, e o acesso aos diretores também me ajudou bastante.

A dica que dou aos meus amigos e a qualquer um que deseja entrar na área, é que não desistam. Se realmente for um sonho, corra atrás. O RH exige muita atenção e uma responsabilidade imensa, mas ao mesmo tempo você ganha a recompensa de enxergar as pessoas, ter a confiança delas, e isso não tem preço!

Nelson Lima
Encarregado Geral

Atuo na área operacional há 21 anos, e na Good Service há quase 2 anos. Já fui líder e supervisor de limpeza, hoje sou encarregado. Devido ao tempo de experiência, exerço a minha profissão de maneira mais firme.

A Good confiou no meu potencial, e a minha integridade e jeito de lidar com as pessoas foi o que me fez estar aqui. Gosto do que eu faço, sou uma pessoa centrada. Converso, busco trazer os colegas de trabalho para o meu lado.

No dia a dia fico atento a todas as situações, tanto na entrada e saída de veículos e de funcionários, quanto na organização. Dou suporte para a equipe operacional, e desde que entrei na empresa a gente só cresce. É um privilégio estar aqui, porque gosto da equipe e gosto de liderar.

Para ser um bom profissional é preciso muito desempenho, dar o melhor de si, e aprimorar isso a cada dia. É necessário prestar atenção no próprio serviço e deixar que o os outros colegas façam o serviço deles.

Cleide Castilho
Encarregada de Limpeza

Quando fiquei sabendo que a Good Service estava contratando, eu me candidatei e fiz a entrevista. Dois dias depois a empresa me chamou. No escritório tinha 8 pessoas aguardando uma resposta do RH para 2 vagas disponíveis.

Eu sempre quis entrar em uma empresa de alto nível, que tem compromisso com os colaboradores, enxerga o lado humano, e onde eu pudesse dar sugestões, crescer junto e ajudar as pessoas. Achei que não ia ser aprovada no processo seletivo porque as outras mulheres eram mais novas que eu. Para a minha surpresa: fui aprovada e entrei na Good como auxiliar. Hoje sou encarregada de limpeza e treino a minha equipe para que o nosso trabalho seja bem feito, e agrade a empresa e o cliente.

No posto em que atuo não há diferenças em relação aos colaboradores terceirizados, nós convivemos muito bem. Dei o meu melhor durante esses 11 anos, e enquanto eu estiver na empresa será assim. Desde que conheci o diretor da Good, sou muito grata pela oportunidade e o coloco em minhas orações todos os dias.

Eu vim de Jacarezinho para Itu com uma bolsa e 4 peças de roupas. Hoje eu tenho uma casa, um carro, o meu marido tem uma moto. Tudo que conquistamos é fruto do nosso trabalho.

Maria Lucia
Encarregada de Limpeza

Eu vim de uma família simples, morava no Nordeste, enfrentei muitas dificuldades. Então quando vejo alguém precisando de ajuda, me coloco à disposição. E foi para ajudar a minha família que eu vim para São Paulo.

Depois que a empresa em que eu trabalhava mudou para Pinheiros, e a que o meu marido trabalhava faliu, o meu cunhado convidou a gente para morar em Salto. Nós aceitamos, e aqui conheci a Good Service, onde trabalho há 18 anos.

Gosto da minha rotina, no geral ela é bem agitada. Já fui ao escritório da Good em Guarulhos e fui muito bem recebida, não tenho o que reclamar da empresa, só tenho a agradecer. Para ser um bom profissional é preciso ser sincero, compromissado, cuidadoso, e ouvir as pessoas que te motivam a melhorar.

Fernando Ricci
Manutenção

Sou confeiteiro, formado em gastronomia, e tenho 22 anos de experiência na área. Quando enjoei decidi arriscar como segurança, e foram 4 anos de atuação. Às vezes alguma coisa quebrava, a empresa tinha problemas com o encanamento, elétrica, e eu fazia os serviços de conserto sem problema nenhum.

Visto a camisa da empresa, e foi assim que aceitei o desafio de trabalhar com manutenção predial na Good Service. Não faço somente pequenos reparos, começo projetos do zero e os finalizo. Manutenção geral, pintura, elétrica, alvenaria, encanamento – a minha rotina é imprevisível.

Sempre busco me destacar, não gosto de ficar parado. O que vejo de mais positivo aqui é que todos se ajudam, nós somos uma equipe unida, e eu me dou bem com todos os meus colegas. Não tenho o que reclamar da empresa. Para quem pretende trabalhar na minha área, recomendo que faça cursos, invista em si, pois vai ser muito útil no futuro.

Jacqueline Brito da Silva
Bombeira Civil

Em 2018 bati na porta de muitas empresas em busca de uma oportunidade, mas não encontrei. Eu já cheguei a pesar 96 kg e tive dois derrames faciais na região dos olhos. Só consegui emagrecer após adquirir novos hábitos como praticar esportes, lutar, caminhar, e isso mudou a minha vida totalmente.

Gosto de ajudar as pessoas e sempre fiz isso através da igreja, mas tive a ideia de fazer de outra forma, e por isso entrei no curso de bombeira civil. Concluí no final daquele ano, mas me senti perdida porque não sabia atuar, tudo que eu conhecia era a teoria. As minhas primeiras experiências na área foram em eventos, entre eles o carnaval no Anhembi.

Entrei na Good Service há 1 ano e 4 meses. A minha rotina é baseada na prevenção, trabalho para que acidentes não aconteçam. Meço glicemia e pressão dos colaboradores, faço rondas, caso alguém se acidente ou sofra de um mal súbito eu presto os primeiros socorros, e se necessário chamo o SAMU ou os bombeiros militares.

É um privilégio fazer parte do time, e sou grata porque confiam em mim. É muito bom trabalhar com pessoas que tem credibilidade e nos dão credibilidade. Tenho aprendido muito com eles, e isso é uma honra.

Para todos que pretendem fazer o mesmo que eu: não deixe morrer o sonho que há dentro do seu coração. Independente de tudo, ainda que as pessoas desacreditem, lute e não passe por cima de ninguém. Um dia você irá colher o fruto do seu trabalho.

Umberto Antônio Macário
Operacional

Aos 14 anos tive meu primeiro emprego como pacoteiro nas casas Pernambucanas, onde trabalhei por 4 anos. Assim que terminei o colégio comecei a trabalhar no banco Itaú, lá eu fui office boy, caixa, supervisor, e sai como tesoureiro – foram 10 anos de história. Minha penúltima parada foi no Banco Real.

Fiz Administração de Empresas no SENAC, e Gestão de Pessoas na FGV. Quando cheguei à Good Service, me envolvi na área operacional junto aos clientes, entregando nota, fazendo cobrança, apoiando a supervisão e prestando serviço a diretoria. Vai fazer 19 anos que estou na Good, e isso me faz feliz, porque é gratificante aprender com os meus colegas dia após dia.

O que mais chama a minha atenção na empresa é a transparência, o tratamento com o ser humano, e o comprometimento no modo geral, o apoio de uns aos outros, e a dica que eu dou para quem quer ser Good, é que leve o trabalho a sério, seja comprometido, e se interesse, sempre há oportunidades para pessoas assim por aqui.

Andrea Santos
Recepcionista

Eu gosto é de gente, de conversar com as pessoas, lidar com o público e ajudar se for possível. Eu tive a satisfação de fazer isso em todas as empresas que passei. Tudo começou em uma creche, onde eu era recreacionista e cuidava de crianças de 0 a 6 anos de idade, e interagia com os pais deles. Foi uma experiência maravilhosa, que me fez entender como eu gosto de trabalhar.

Já fui cobradora de ônibus, e todos os dias estava em contato com as mesmas pessoas, cada um em sua rotina diária e eu achava isso muito legal. Na empresa Vivo dei suporte aos técnicos em campo, através de ligações eu ajudava a resolver os problemas dos clientes. No Aeroporto de Guarulhos atuei na área de embarque e desembarque internacional, se eu já adorava conversar, imagine com gente de todas as partes mundo, até aprendi um pouco de inglês naquela época.

Eu tenho 4 filhos, e algumas limitações – devido a minha deficiência, então decidi procurar uma jornada de trabalho mais leve. A Good Service me proporcionou tudo que eu precisava, sou recepcionista e trabalho aqui há 1 ano e 4 meses, e espero continuar por muitos anos. Aqui as pessoas são inteligentes, todos têm paciência para ensinar, e não há discriminação, a empresa faz a inclusão de todos.