unnamed

ligue agora goodservice 03

22/11/2019 | Com reformas, Brasil pode crescer 1,7 % em 2020 - Valor Econômico

O crescimento da economia brasileira pode acelerar em 2020 se a agenda de reformas continuar a avançar, avalia a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). A entidade prevê uma gradual recuperação no país, com o crescimento do PIB passando de 0,8% neste ano para 1,7% em 2020, como já havia mencionado em setembro. Em maio, a OCDE era bem mais otimista, prevendo alta de 1,8% em 2019 e de 2,4% em 2020. 

Considera que a inflação baixa, crescimento maior dos salários e melhora nas condições de liquidez sustentarão o consumo privado, enquanto condições financeiras favoráveis, maior confiança na economia e reformas estruturais serão atrativos aos investimentos. 

Mas observa que a alta taxa de desemprego diminuirá lentamente, e a criação de novas vagas de trabalho é de baixa qualidade, com um número desproporcional no setor informal da economia. A OCDE aponta também riscos para a economia brasileira, principalmente relacionados à implementação das reformas. Observa que a fragmentação política dificulta a construção do consenso político por reformas.

Acredita que, sem uma redução dos gastos obrigatórios, a regra de controle do gasto público pode ser violada já em 2020, podendo resultar em maiores custos financeiros, perda de confiança, menos crescimento e possível retorno da recessão. Alerta também que um agravamento da crise na vizinha Argentina poderia reduzir as exportações de manufaturados. Sua projeção, pelo momento, é de que a economia argentina vai contrair 3% neste ano e encolher mais 1,7% no ano que vem. 

Guarulhos
55 11 4962-8166 / 2656-5054
Rua Leonardo Vallardi - 57 - Centro
07090-080 - Guarulhos - SP - Brasil
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.